Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2011

Patologias do amor

O amor é uma doença incurável, um vício insaciante, quanto mais se sofre, mais ainda quer-se arder em dor, como um ser envenenado, que dispensa sua cura, pois, seus olhos estão completamente fechados para tudo que ocorre à sua volta.

É mais difícil largar do que se imagina, sequer pensar em resistir... ele arrebata nosso coração de tal forma que coloca-nos de ponta cabeça, leva-nos à noites mal dormidas seja de alegria ou tristeza... flores em dias simplórios, chances de declarações perdidas, cartões espalhados pela casa, choros inoportunos, sensações de angústia e dor, extrema felicidade e excitação, são as coisas mais bobas e infantis, os olhares mais sérios e seguros, o desejo pelo "infinito" ou a dor do adeus... como é dificil abandonar, por mais mal que chegue a nos causar, dizer não ao que mais se deseja, ao que tanto nosso coração pulsa sem sequer pedir nosso consentimento... é demais, para um ser mortal e amante, que tem sede de amar, mesmo em plena consciência do so…